Pesquisar
Close this search box.
Getting your Trinity Audio player ready...

Como o Legal Design resolveu o problema do tempo de fechamento de contrato da Lobby?

Mais do que simplificar documentos jurídicos, o Legal Design é capaz de acelerar o tempo de vendas. Neste artigo, confira como ajudamos a Lobby a reduzir o seu tempo de fechamento de um contrato.

O Legal Design vem apresentando um alto grau de popularidade no mundo inteiro. No Brasil, essa estratégia vem ganhando cada vez mais força com empresas que notaram a necessidade de tornarem seus contratos mais acessíveis para os seu público.

Para quem ainda não está familiarizado com o Legal Design, essa estratégia une três frentes: Direito, Design e Experiência do Usuário (UX). E é justamente a experiência do usuário que mostra a importância de se pensar no leitor final ao simular a experiência e, consequentemente, a compreensão que essa pessoa terá ao ler um documento jurídico. 

Afinal, a construção de qualquer documento jurídico tem um único objetivo: permitir que a pessoa entenda o que está assinando. E se isso não acontece, existe um grande problema aí. E é o que acabamos vendo na maioria dos casos. Qualquer documento jurídico deve ser claro o suficiente para que uma pessoa leia e consiga compreender de primeira o texto.

Porém, outro problema que muitas empresas ou escritórios de advocacia se deparam é com a demora para que um contrato seja assinado. Isso gera atrasos ou aumenta o tempo de um ciclo de venda – que acaba impactando em outras questões como faturamento e fluxo de caixa.

Neste artigo, vamos explicar por que as empresas vendem menos por terem contratos complexos. Também apresentaremos um case da Bits Academy, onde ajudamos a Lobby.Tech a diminuir o tempo do seu ciclo de vendas em mais de 60%. Bora lá?

Como tornar contratos menos complexos?

Existem dois grandes problemas na maioria dos contratos:

  • Informações extremamente complexas distribuídas em um documento longo e cansativo;
  • Informações que não são explicadas de forma objetiva por conta da linguagem jurídica, o que pode gerar dúvidas e criar um tempo mais longo para a assinatura do documento.

Esses dois problemas são uma evidência da falta de foco na pessoa que vai ler esse documento. É importante ter uma coisa em mente: os documentos escritos por advogados, em alguns casos, não são para outros advogados.

Eles vão ser consumidos por pessoas que não têm nenhum tipo de bagagem jurídica e precisam de uma solução simplificada. Isso permite que essas pessoas entendam por completo o que está sendo falado e o que ela estará assinando.

É possível fazer um paralelo com a construção de um aplicativo quando falamos da importância de se pensar na experiência do usuário no desenvolvimento de um contrato. O grande segredo por trás dos aplicativos de sucesso é a sua usabilidade. De nada adianta ter um aplicativo extremamente complexo, difícil de ser utilizado e que possa gerar mais dúvidas do certezas, não é mesmo?

Ter isso em mente ajuda muito na construção de documentos jurídicos. A seguir, vamos mostrar como a Lobby foi capaz de reinventar seus contratos e tornar ainda mais ágil a assinatura desses documentos.

Como a Lobby diminuiu o tempo do seu ciclo de vendas?

A Lobby é uma empresa especializada em gestão de facilities e fornecimento de brindes corporativos. Seu principal objetivo enquanto empresa é fazer com que as pessoas poupem tempo na hora de encontrar fornecedores de confiança para o negócio.

Ela fornece ferramentas onde é possível organizar tarefas e centralizar demandas dos colaboradores através de uma plataforma intuitiva. Mesmo assim, existe um grande gargalo em todo o processo de vendas: o contrato.

Por ter sido criado de uma forma complexa e com uma linguagem muito técnica, o cliente levava muito tempo para analisar, revisar e fechar o contrato. Isso impactava diretamente no ciclo de vendas da empresa, que girava em torno de 3 meses.

pesquisa legal design visual law

A solução: Legal Design!

Ao perceber esse problema, a Lobby entrou em contato com o Studio de Legal Design da Bits . Com todas as informações em mãos, começamos a mapear as dificuldades na jornada de consumo do contrato e auxiliamos na definição de uma linguagem mais amigável com o cliente, focando exclusivamente na persona que tem interesse pelos serviços oferecidos pela Lobby.

Em seguida, aplicamos os princípios de design e implementamos técnicas de experiência do usuário para tornar os contratos mais simples e objetivos.

O resultado? O ciclo de vendas da Lobby passou de 90 dias para 1 mês. Esse resultado foi conquistado porque, agora, os clientes conseguem entender tudo sem precisar consultar um terceiro. Existe uma relação tranparente e de confiança.

Esse impacto também pode ser refletido no seu negócio. Investir na experiência do usuário e simplificar documentos jurídicos pode ser uma solução incrível para agilizar o seu tempo de vendas e acelerar alguns processos.

Quer saber como você pode aplicar o Legal Design nos seus documentos?

curso visual law