Pesquisar
Close this search box.

Visual law para contratos: saiba o que é e como aplicá-lo!

O visual law para contratos veio para mudar a forma como os contratos são feitos e apresentados para os clientes.

Otimizando documentos de maneira a torná-los mais acessíveis e compreensíveis para o público-alvo de uma empresa, é possível evitar as longas negociações contratuais e garantir maiores taxas de fechamento de contratos.

Atualmente, todas as instituições têm investido em modernizar seus processos por meio de práticas que são voltadas para melhores experiências do usuário que, consequentemente, convertem-se em clientes mais satisfeitos e fidelizados.

O visual law é uma dessas inovações!

Quer saber como usar o visual law para contratos e mudar de vez a forma como seus documentos são interpretados pelos seus clientes? 

Confira abaixo nosso guia completo sobre o tema e tire todas as suas dúvidas.

Boa leitura!

O que é visual law?

Como já mencionamos em um artigo anterior, o visual law é uma inovação jurídica que junta as práticas do Design e linguagem simples, de forma a proporcionar documentos e contratos mais intuitivos e fáceis de ler, sem abrir mão da segurança do Direito.

O foco do visual law é, justamente, transformar a interação que as pessoas têm com documentos jurídicos, por serem burocráticos e maçantes. Com o visual law os contratos se tornam amigáveis, compreensíveis e com informações mais claras e objetivas.

Visual Law em Contratos: como aplicar?

Uma das áreas do Direito que mais se beneficiam com as práticas do visual law é a de contratos.

No geral, a visão que a maioria das pessoas têm acerca de documentos contratuais é a de um texto incompreensível, com várias páginas cheias de cláusulas confusas e extensas, que são complicadas de ler e de entender.

O visual law vem justamente com a proposta de mudar isso, aplicando os elementos visuais, princípios do Design, ux writing e plain language nos documentos jurídicos, o que facilita a leitura e a compreensão.

Processo de aplicação de visual law nos contratos

Para tornar real documentos otimizados e pensados para uma melhor resposta do cliente, o visual law usa como base ferramentas e conceitos no Design Thinking, processo que investe em resolver problemas com foco no ser humano.

Logo, para aplicar o visual law para contratos, a prioridade é sempre se colocar no lugar do seu cliente-leitor, e buscar a melhor forma de apresentar o conteúdo daquele documento, garantindo a total compreensão da parte interessada.

Para transformar o contrato a Bits, especialista em visual law, segue a seguinte metodologia:

  • Etapa 1: Entende-se quem será o leitor do contrato;
  • Etapa 2: Aplica-se o UX Writing, técnica textual focada na melhor leitura para o usuário;
  • Etapa 3: Aplica-se a arquitetura do contrato, de acordo com os objetivos definidos na etapa 1.
  • Etapa 4: São aplicados os elementos visuais como ícones, tabelas, imagens,QR codes e ilustrações;
  • Entrega: O documento está pronto para encantar os seus clientes, mantendo suas informações e sua validade jurídica.
  • Métricas: Indicamos quais são as métricas a serem analisadas para cada tipo de contrato. 

Quais as vantagens de aplicar o visual law para contratos?

Humaniza a linguagem dos contratos

O uso do famoso “juridiquês” tem sido cada vez mais criticado no meio jurídico – e fora dele -, justamente por complicar e tornar menos acessíveis conceitos e práticas do Direito que deveriam ser entendidas por todos.

Por isso, uma das vantagens do visual law para contratos é trazer uma linguagem mais fácil de entender, preservando o conteúdo original do documento.

Facilita a comunicação

Para reduzir as dúvidas dos clientes com relação ao conteúdo contratual, o visual law também se mostra uma excelente ferramenta.

Com o uso de elementos do design, a melhor formatação do texto, e itens como bullet points e infográficos, as principais informações do contrato ficam sempre destacadas e fáceis de entender.

É o fim do famoso “vai e vem” contratual e das longas revisões!

Garante segurança jurídica

Ainda, fazer uso do visual law para contratos não interfere em nenhum nível a validade jurídica dos contratos, e os documentos permanecem seguros e verídicos.

Ainda, com uma disposição otimizada das informações presentes no documento, nenhum dado passa despercebido, reduzindo o número de fraudes e outros problemas que possam prejudicar o prosseguimento legal da assinatura contratual.

Qual ferramenta usar para aplicar visual law nos meus contratos?

Recentemente foi lançado um software exclusivo para criação de visual law, o UX DOC

Nele você encontra diversos templates ou pode criar um totalmente do zero. Os templates já vem com design e tem também uma biblioteca de texto com escrita simplificada.

Além disso, você ainda consegue automatizar seu documento.